No divórcio ou separação do casal, os imóveis poderão ser destinados a uma empresa de propriedade do casal?

Logicamente que sim, bastando para isto o pagamento do ITBI (inter-vivos).